Milton Nascimento - Outro lugar (Brasil)




Cê sabe que as canções são todas feitas pra você
e vivo porque acredito nesse nosso doido amor
não vê que tá errado, tá errado me querer quando convém
e se eu não tô enganado acho que você me ama também.

O dia amanheceu chovendo e a saudade me contêm
o céu já tá estrelado e tá cansado de zelar pelo meu bem
vem logo que esse trem já tá na hora, tá na hora de partir
e eu já tô molhado, tô molhado de esperar você aqui.

Amor eu gosto tanto, eu amo, amo tanto o seu olhar
andei por esse mundo louco, doido, solto com sede de amar
igual a um beija-flor, que beija-flor,
de flor em flor eu quis beijar
por isso não demora que a história passa e pode me levar.

E eu não quero ir, não posso ir pra lado algum
enquanto não voltar
não quero que isso aqui dentro de mim
vá embora e tome outro lugar
talvez a vida mude e nossa estrada pode se cruzar
amor, meu grande amor, estou sentindo
que está chegando a hora de dormir.

Amor eu gosto tanto, eu amo, amo tanto o seu olhar
andei por esse mundo louco, doido, solto com sede de amar
igual a um beija-flor, que beija-flor,
de flor em flor eu quis beijar
por isso não demora que a história passa e pode me levar.

E eu não quero ir, não posso ir pra lado algum
enquanto não voltar
não quero que isso aqui dentro de mim
vá embora e tome outro lugar
talvez a vida mude e nossa estrada pode se cruzar
amor, meu grande amor, estou sentindo
que está chegando a hora de dormir.

Amor eu gosto tanto, eu amo, amo tanto o seu olhar
andei por esse mundo louco, doido, solto com sede de amar
igual a um beija-flor, que beija-flor,
de flor em flor eu quis beijar
por isso não demora que a história passa e pode me levar.

E eu não quero ir, não posso ir pra lado algum
enquanto não voltar
não quero que isso aqui dentro de mim
vá embora e tome outro lugar
talvez a vida mude e nossa estrada pode se cruzar
amor, meu grande amor, estou sentindo
que está chegando a hora de dormir.