Wesley Safadão, Ivete Sangalo - Parece que o vento (Brasil)




Parece que o vento leva notícias de mim pra você
Parece que o vento traz notícias de você pra mim
Parece que as noites se tornam mais frias longe de você
E a danada da saudade vem
Chega e mostra
Quando a gente gosta saída não tem.

Perdi as contas que a gente se deixou e voltou
E cada reencontro se amando mais
Mas na verdade é que o amor não nos deixa sendo rivais.

E por que será essa nossa estranha maneira de amar?
Pra que brigar?
Se a gente se separa mas nunca se deixa
Por que será essa nossa estranha maneira de amar?
Pra que brigar?
Se a gente se separa mas nunca se deixa.


Parece que o vento leva notícias de mim pra você
Parece que o vento traz notícias de você pra mim
Parece que as noites se tornam mais frias longe de você
E a danada da saudade vem
Chega e mostra
Quando a gente gosta saída não tem.

Perdi as contas que a gente se deixou e voltou
E cada reencontro se amando mais
Mas na verdade é que o amor não nos deixa sendo rivais.

Por que será essa nossa estranha maneira de amar?
Pra que brigar?
Se a gente se separa mas nunca se deixa.
Por que será essa nossa estranha maneira de amar?
Pra que brigar?
Se a gente se separa mas nunca se deixa.

Por que será essa nossa estranha maneira de amar?
Pra que brigar?
Se a gente se separa mas nunca se deixa.
Por que será essa nossa estranha maneira de amar?
Pra que brigar?
Se a gente se separa mas nunca se deixa.

Parece que o vento (O vento)
leva notícias de mim pra você (Parece que o vento...)